quarta-feira, 8 de outubro de 2014

Ok!, Tudo está passando, certo? #SQN

Hoje é quarta-feira, 8 de outubro - e por mais que algumas pessoas possam ler este texto em outro dia, ainda assim, escrevo-o na quarta-feira 8/10/ E nesse pequeno trecho já digitei erroneamente pelo menos 2 vezes o algarismo 9 no lugar do 8 e ainda por cima, para justificar, digitei o 0, espero que não cometa mais este ato falho e que não permita que ele persista na tela.

Mas o tema do texto hoje são as coisas que estão passando.

A primeira delas, que eu não deixaria de escrever é que a copa do mundo, sim, aquele campeonato que traria bilhões de reais em retorno para o brasil com seus turistas - munidos de dólares - acabou e faz tempo, como diriam os evangélicos - "graças a deus" e como digo eu, ainda bem. A copa do mundo foi sim um grande evento. Lembro-me bem da prefeitura de curitiba pintando faixas durante o mundial, na rua que passa atrás do circo da baixada (arena é muito, né)... Mas e aí, quanto ganharam os hotéis, bares, restaurantes.. Quanto ganhou a população, já que o metrô não saiu, a avenida das torres continua lá e aquela ponte estaiada que liga nada a lugar nenhum... O que curitiba realmente ganhou senão um grande devedor - dá-lhe atlético...

Enfim, uma borracha na copa do mundo, e eu já esqueci do fiasco que foi, não só aquela seleçãozinha de merda quanto rudo mais. Tadinho do felipão!

O segundo evento que passou e para mim foi um marco, foi a morte de Eduardo Campos. Mas, opa, perái caceta, quem foi Eduardo Campos? Foi um homem que morreu e só isso. Me deu a esperança de ver Marina presidente, mas só a esperança. De concreto, nada mais. E com essa esperança chegamos no primeiro turno. E aí, o festival foi bacana. Teve Luciana ofendendo a rede globo dentro da rede globo, teve Levi mais uma vez ofendendo os homossexuais (esse levi deve ser uma bichona daquelas que frequenta as ruas das travecas... certeza), teve proposta de privatização e claro, tivemos as mais lindas promessas da plastiquinha, que nos debates aparecia tão cansada que acho que precisa de 4 anos de férias.

Mas, isso também passou e agora, estamos em nova fase. Segundo turno está chegando e tudo vai ser diferente. #SQN

Não quero ofender ninguém, mas temos que escolher entre duas coisas quase iguais porém com nomes extremamente diferentes. Ou você acha que é fácil ter que escolher entre dois baldes, um de merda e um de bosta?

Mensalão por mensalão, PT e PSDB tem os seus. Privatizações, entre os dois, cada um tem o seu, mas algumas pessoas chamam as privatizações do PT de concessões... Tá bom...

Eu não sei mais o que fazer. Não sei se vou votar - no primeiro turno fui - não sei se vou e anulo, não sei se vou e voto branco ou melhor ainda, não sei se nem votar eu vou. Este ultimo me parece mais amigável. Para que levantar da cama e ir votar? 1 voto - sim senhor(a) - NÃO FARÁ QUALQUER DIFERENÇA NUM UNIVERSO DE MAIS DE 100 MILHÕES - Não fará qualquer diferença. E se eu não for votar e não puder reclamar depois, bom, não mudará nada para mim.

Fato é que na quinta-feira, 9/10, termos mais uma vez uma grande função para a TV a Cabo e seus programas exaustivamente repetidos: evitar ter que olhar a dilma com seus atores perfeitos e aécio com aquela cara de bom mocinho a lá collor... ops...

Que venha logo esta porcaria de segundo turno. No fio da navalha, nada mudará. Continuaremos com a inflação, com a grande carga dos impostos, com os salários baixos e defasados, com uma maioria rica mandando, com a petrobrás sendo a merda que é, com a Copel sendo utilizada como ferramenta política, enfim... Quem conversa um pouco, sabe bem o que que rola... É isso. E tem gente que ainda acha que vivemos numa democracia, mas isso é tema para outro texto...

#bora_viver


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!