quarta-feira, 26 de novembro de 2014

e toma-lhe mais imposto... quem acreditou que não há crise?

quem tem um carro, seja ele movido com motores a gasolina ou álcool, vai se ferrar de novo!

lembra da cide? contribuição de intervenção sobre o domínio econômico? algo assim?

pois bem, como já sabemos e não temos motivos para nos preocupar, afinal, estamos sempre bem cuidados por esse governo maravilhoso, e sem qualquer indicativo de crise econômica - as autoridades já anunciaram que os combustíveis serão taxados - nos moldes da cide.

quem lembra que durante as eleições todos, sem exceção, todos os candidatos falaram sobre a redução de impostos? pois bem, mais uma taxa que vai incidir sobre um produto que a petrobrás, essa empresa que nunca esteve envolvida com processos de corrupção e nunca aparece na mídia por conta disso.

ou seja, "nós" elegemos esses caras, eles nos ferram roubando, fazendo pouco e destruindo as empresas estatais e ainda, vão taxar os combustíveis para repor dinheiro que "eles" devem ter tirado. e meu salário ohohohoh..

não tenho nada, absolutamente nada contra a questão de cobrar uma taxa sobre a gasolina, até porque sabemos bem que sem impostos e taxas a coisa não vai, mas do meu salário já sobre -27,% de imposto de renda, -11% de inss, isso sem contar que tenho que pagar para ir trabalhar (-6%)... aí, vou comprar qualquer coisa num mercado, e a etiqueta informa que o imposto no preço final do produto passar por diversos tributos que, em geral, somados, passam dos 20%.

e aí, na minha grande ignorância, fico me perguntado: para onde vai todo esse motherfucker dinheiro?

estatisticamente, eu trabalho de janeiro a meados de maio para pagar impostos. e eles, os que mandam nessa merda toda, trabalham durante um ano, um período equivalente ao que eu trabalho para pagar impostos. eles só voltam depois do carnaval, ficam até o período de festa junina, depois só retomam em setembro e trabalham até o início de novembro. nossa, como trabalham, né...

a contribuição que vai ser aplicada na gasolina é injusta sim. injusta para mim, injusta para você que lê este texto - e vai de carro, vai de ônibus ou mesmo, vai de bicicleta. os reflexos de mais essa taxa vai se espalhar por toda a cadeia produtiva, da manufatura ao trasporte, da produção de grãos ao paozinho de cada dia nos dai hoje...

infelizmente, a crise parece que veio para ficar um tempo, que gostaria que fosse curto, mas que com a criação dessa nossa "taxa", parece que veio para ficar ou então, o governo está querendo engordar algum bolso aí que ainda não consegui entender qual é.

parece meio irônico que, numa época onde o judiciário começa a pagar "ajuda de custo de moradia" para todos os juízes, inclusive os que já residiam na cidade em que estão, no momento em que a petrobrás nem está envolvida num rio de merda, nossos governantes venham com mais essa taxação.

vou ser bem grosseiro agora: quer fude, me beija antes...

fui...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!