terça-feira, 9 de junho de 2015

O cinismo na contradição da conjuntura do Brasil do ano 2015...

Vou escrever: não sou o cara mais inteligente do mundo, longe mim de ser algo que não acredito mesmo. Porém, que não sou burro, isso não sou mesmo! Tenho no mínimo uma real noção de minhas incapacidades e isto já me faz mais minimamente inteligente que boa parcela da população, principalmente os que hoje adotam a postura "tenho o direito de comentar"...

E há muitos dias tenho corrido atrás de informações que somem no meu dia a dia. Nada sobre futebol, sobre política ou sobre a novela da globo com seus clichês e amontoados de atores caros. Não, nada a ver com essa vidinha que nos é ofertada e que compramos pagando com nossa alma. Aliás, o próprio conceito de alma, acho que aqui não se aplica, e enfim, acabamos pagando com nossa dedicação excessiva e idolatria.

Porque do cinismo?

Bom, estamos no meio de uma crise e ainda assim, tem gente fazendo de conta que tudo está maravilhosamente bem. Simples assim. Governadores, como o se. Beto, estão cagando para o povo assim como o fazem quando aquele caviar maldito importado da casa do caralho, lhe dá uma caganeira liquidamente inesquecível.  Continuamos no meio dessa mesma crise que aos poucos mina nossas cabeças com mais impostos, mais taxa e toma-lhe mais impostos e assim por diante. Já não basta termos que trabalhar desde o dia 1º de janeiro até o dia 20 de maio só para pagarmos impostos?

Estamos sendo assaltados todos os dias:

- somos assaltados no supermercado (pelo governo através dos impostos, pelo empresário através de margens cada vez mais altas de lucro [muitos tentam me convencer que não, que eles são bonzinhos e não ganham tanto assim - papai noel me visitou ontem], e somos também assaltados quando estamos chegando em casa, mas dessa vez por pessoas que não tiveram a mesma chance que nós, e encontram na criminalidade o conforto de justificar sua falta de futuro e/perspectiva.

-  somos assaltados quando por exemplo, eu pago a escola do meu filho - particular porque na pública, sei lá né... e aí, mesmo já pagando todos os impostos que eu devo, ainda tenho que ser taxado na mensalidade da escola mais uma vez e toma-lhe imposto novamente...

Tá, sempre foi assim e que se dane, por favor, não é um discurso partidário de esquerda, centro ou direita... aliás... não era!

Agora vai ser...

Eu quero muito mesmo saber a opinião de todos os que lerem esse blog, mas para que eu quero saber o que essas pessoas pensam? Para poder dar risada... Sozinho no meu canto...Rirei litros com toda certeza pois, desde os petistas mais imbecis até os mais esclarecidos - desde os psdebistas mais malas até os mais cultos - todos, repito, todos me surpreenderão com seus pensamentos a respeito mas nenhum desses pensamentos terá tanta razão e importância quando o que eu penso, afinal de contas, o que eu enxergo não é e nunca será o mesmo ou talvez próximo ao que você enxerga. Simples assim, e o que eu enxergo é que estamos ferrados e não há o que fazer.

Passaremos, ao meu ver, por uma ou duas décadas de problemas com sociais seríssimos como a segregação religiosa (católicos, evangélicos, mórmons, ateus, praticantes do candomblé entre outros - todos esses estão perdendo a capacidade de viver juntos por não aceitar as diferenças) - e isso vai se refletir em fatos como a criação de exércitos como os já vistos em algumas unidades da Universal e em outros tantos manifestos, cada qual, da sua forma, do seu jeito.

Viveremos mais uma ou duas décadas onde a educação básica vai ser sistematicamente combatida pelos governantes, que muito embora anunciem sempre o contrário, nunca terá vontade e depois dinheiro para educar o povão... Pode isso, produção?

Segurança pública, saúde e infra, nem vou entrar no mérito da questão.

Por isso o cinismo desse povo me chama tanto atenção. Estamos no meio de um turbilhão e o povo, o povo parece estar numa marolinha (um viva ao lula 51)...

Continuemos assim: escolhendo tiriricas, romarios, pastores, cantores, artistas... pessoas que enganam dizendo ser do povo, mas que ao serem eleitos, são apenas mais políticos que nada fazem a não ser para si mesmo...


2 comentários:

  1. Eu tiraria, sinceramente, o nome do Romário dessa lista. Dê uma olhada mais cuidadosa ao trabalho que ele tem feito. vc pode se surpreender. De resto, assino embaixo. temo muito pelos próximos anos... o jeito "Estado Islâmico" de julgar as diferenças me parece caminhar para se tornar regra entre outros fanáticos

    ResponderExcluir
  2. Tem um filme muito bom, acho que tem a ver
    O Candidato honesto.
    Sobre a publicação: Não há nada que esteja ruim que não vá piorar.

    ResponderExcluir

Desabafe!