segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Superavit é o escambau...

Não que efetivamente eu não me preocupe com isso ou então que eu não tenha qualquer tipo de consideração pelo atual governo federal, mas infelizmente para ele, eu sou apenas um dos 200 milhões de brasileiros que nesse país habita e assim sendo, porque é que eu deveria pensar em coisas que eles, lá em brasília deverial pensar?

Pois bem, que nesse segundo mandato além de nada governar, a presidente não tem feito nada também, sinto muito bem no meu bolso porque dessa porcaria toda e porque é que as coisas ainda vão ficar mais e mais difíceis. Não deve ser fácil governar uma nação com a popularidade baixa ainda mais quando o maior puxa saco de todos, um tal de MDB velho de guerra está contra você mesmo dizendo que não. Ou alguém acredita mesmo que tudo está diferente?

Não, não temos superávit aliás, não temos sequer dinheiro e não é o povo, é o governo mesmo que está correndo atrás de uma graninha para poder manter suas mordomias malditas. Agora, segundo os jornais, estão comprando talheres e outros objetos de prata e para que? Porque diabos o presidente deve ter talheres de prata novos se já devem ter alguns antigos e o povão, esse maldito que votou nela deve comer com talheres de metal feitos na china?

Ah, ostentação, né... Ostentação... Pancadão da dilmão daqui a pouco...

E assim vai ser de agora em diante afinal de contas, 250 mil reais ou mais por essas coisas, e mais alguns carros para os senadores e deputados e aí vai gasolina, motorista, manutenção... Máquina inchada... Máquina falida, máquina mal administrada e mal lubrificada e por aí vai...

Vamos brincar de achar?

Eu acho que vai dar merda, capitão... acho mesmo.

Vai dar merda ano que vem, vai dar merda em 2017, vai dar merda em 2018 e o PT vai continuar no poder e eu tenho certeza que lançam o Mercadante para presidência, no meu pensar, com grandes chances de ganhar, afinal de contas, aquela senhorinha lá ninguém nem sabe se estará viva - desejo que esteja e concorra - e o a-É-cio, esse não ganha nem para padeiro, afinal de contas, garanto que nem pão-de-queijo ele sabe fazer.

Bigode para presidente, ou então, um tal de 9 dedos sai e ganha de novo - ai que medo...

Acho que sim, teremos que pagar mais imposto, vão nos ferrar no IRPF já no ano que vem, vão nos ferrar na CIDE e vão recriar a CPMF... Certeza - vão colocar uma CIDE de 1a 3% do valor do litro da gasolina, que vai subir entre 3 e 5% por causa disso e vão colocar pelo menos 0,25% de CPMF a cada transação que fizermos, principalmente as que utilizam cartão de débito.

Com isso, eu acho que o governo estadual vai ampliar impostos e o municipal (o de Curitiba já falido), vai aumentar ainda mais...

Ou seja, uma verdadeira...


Repetindo... Eu acho que vai dar merda, capitão..

Fui....

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Mudança de pensamento!

Desde que fui criança, isso já se vão longos anos, nunca entendi porque é que depois de 7 de setembro, tínhamos mais um feriado, o 8 de setembro em Curitiba. Já tentaram me explicar que era dia de uma padroeira ou algo assim, mas isso não justificava. Afinal de contas, se o aniversário da cidade não é feriado porque diabos o dia da padroeira tinha que ser? Enfim, numa completa inversão de valores realmente eu não consigo entender porque um dia útil deixa de ser útil por causa de uma padroeira ou seja lá o que ela for/foi.

Mas hoje, descobri o real e verdadeiro motivo pelo qual dia 8 de setembro é feriado em Curitiba: é no dia 8 de setembro que se comemora o dia da Alfabetização, aí sim, um excelente motivo para o dia ser um belo feriado.

Gostei, agora, vou comemorar com muito mais ênfase esse feriadão..

De resto, os motivos anteriores realmente além de não justificarem, não importam mais.

-----

Ainda sobre Curitiba, muito tenho ouvido falar de como essa cidade é linda, limpa, organizada. E vou ser bem coerente e sincero concordando que somos talvez uma das cidades mais limpas, organizadas e boas de se viver, tirando que de 500 mil habitantes nos finais de 90, estamos com mais de 2 milhões, mas ainda assim, é uma boa cidade.

Mas, ao acordar no feriado da Alfabetização, dá uma voltinha por Curitiba, pela Curitiba que passa pelo CIC, pelo Capão da Imbuia, pelo Campina do Siqueira/Campo Comprido ou ainda pelo Boqueirão/Alto Boqueirão/Hauer - e depois de rodar por ruas com antipó lamentável e vias sem calçamento e sem guias, por ruas esburacadas e avenidas mal cuidadas, percebe que, por mais que nossa cidade ainda seja boa, tem muito, mas muito mesmo o que melhorar.

Vamos esperar que o novo prefeito faça algo, porque o carequinha, ah, esse não fez nada ainda e daqui por diante, acho que não dará mais tempo... Mesmo que no Novo Mundo, ele até esteja refazendo alguns antipós, mas isso, será pouco...

Bom feriado para todos!