segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Carnaval... Meu retorno ao vlogaudio....

Em plena segunda-feira de carnaval, resolvi voltar...

Obrigado sempre a todas as participações do nobre Dudu, na minha visão o jornalista mais completo do Paraná e quem sabe do Brasil... Dudu, sabes o quanto admiro você, seu conteúdo e seu caráter...

Mas, sem mais troca de figurinhas, segue mais um vlogaudio...

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

"O recape Maldito", estrelando... a Prefs!

Vejam vocês. No belo conjunto Solar, no bairro Bacacheri, existia um buraco. O fato, por si só, não chamaria a atenção há uns 30 anos, afinal o local era um conjunto habitacional do BNH, com casas populares, ruas de terra e gente trabalhadora de pouca renda. Mas os tempos mudaram. O conjunto hoje é outro mundo, com casas de alto padrão, da sociedade média/alta da emergente Curitiba.

Hoje um buraco, dependendo de sua circunferência e características, choca. E ele está ali, na avenida Luiz Gulin, há mais de um ano. Já engoliu parte do asfalto, do meio fio e também da calçada, prejudicando a mobilidade urbana tão exaltada pelo prefeito Gustavo Fruet e pela Prefs.

O buraco já deteriorou parte do asfalto, aumentando constantemente a cada chuva, aumentando seu raio e comendo cada vez mais asfalto.

Ciente do problema, a Prefs foi ao local dia desses, numa daquelas operações tapa-buraco, e... e... e...

Tapou o buraco? Não... seria fácil demais.

Eles fizeram o impensável num país tão sério como o Brasil (????). Eles recaparam o buraco.

Sei que é difícil entender o que tô tentando explicar, por isso fiz um videozinho.



Não há, por mais que alguém tente, justificativa para tamanha demora em tapar o tal buraco. Nem licitação, nem verbas, nem o cacete a 4. Vamos esperar alguém se esborrachar ali para dar o devido cuidado?

A conferir... em todo caso, evitem passar por ali.

ps: seria o descaso com a Luiz Gulin uma represália do prefeito à memória da família que hojj comanda o transporte coletivo da cidade? Vou ali ler um pouco sobre teorias da conspiração e já volto. (tô brincando, tá?)