terça-feira, 19 de abril de 2016

República do Risoles

E se fundarmos a República do Risoles? Um lugar onde todos serão iguais perante o Risoles. Todos terão acesso diário e ilimitados aos risoles, que serão produzidos pelos filhos dessa terra, com dedicação, carinho e claro, bastante gordura...

Nessa república, poderemos receber nosso salário, parte em dinheiro, parte em vale-risoles e claro, para que o projeto meu e de meu irmão seja legitimado nas diversas esferas, teremos também a instituição obrigatória para empresas e sem franquia, dos vales-caguetas. Cada ser vivo, humano ou não, receberá um numero proporcional ao numero de risoles comidos, de vale-caguetas, que deverão ser aceitos em todos os estabelecimentos sanitários da República do Risoles.

Teremos também, alguns grupos se unindo e criando coisas como o Risoles Futebol Clube ou então a banda Revoltados dos Risoles Secos, e ainda, para todos, o Gremio Recreativo Escola de Samba Unidos do Risoles de Carne, ou sentimentalmente GRESURC - que representará toda essa nação com seu Samba no pé e risoles nas mãos... E não precisaremos de porta bandeira, apenas de um isopor com mais risoles.

Termos nas câmaras de vereadores figuras como o "Cicho" do Risoles, que vai tentar impedir a utilização de aplicativos modernos que barateam o custo do Delivery de Risoles ou então, o Risoles Cunha, que nunca teve conta em outro país, e claro, teremos também o Beto Risoles, que enfim, deixa pra lá.

Na república do risoles, teremos ainda o Risoles Moro, que vai moralizar todos os processos envolvendo risolis. Desde a concepção da ideia, projeto, execução, venda, digestão e evacuação, garantido fluidez a circulo...

VIVA O RISOLES!!!

A capital da República será construída num lugar inabitado ainda, e será no formato de um risoles gigante, de carne, é claro, com toda arquitetura feita pelo cozinheiro eleito o melhor "fazedor de risoles".

O concurso deverá contemplar todos os estados da república e será realizado coma produção de risoles e distribuição para as crianças carentes.

Enfim, será que podemos criar nossa república do risoles???


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!