quinta-feira, 23 de junho de 2016

Vítimas eternas!

É incontestável a incompetência gerencial de nossos governantes. Se tomarmos como base o poder executivo, eles são incompetentes! O legislativo, por sua vez é cego, burro e ignorante - acredito que mais de 80% dos que lá estão, não sabem ao menos o que deveriam fazer. E vou parar por aqui.

Simples como amarelo é amarelo... Tem diversos tons mas amarelo é amarelo.

Ontem, um familiar foi vítima de um roubo. Levaram um Fusca 68, reformado e inteiro, carro de família, relíquia que estava há mais de 20 anos na família... Levaram na mão grande, dentro de um supermercado de Curitiba e isso, nem é fato isolado, conversando com duas ou três pessoas, você ou qualquer pessoa traça um mapa dos supermercados onde, deixar um carro, é 100% de perda!

Mas, afinal de contas, se pergunta você agora, o que chateia mais?

Sim, o que chateia mais é que vivemos num eternizante discurso do não reaja... E com isso, não reagimos apenas ao bandido no cumprimento do seu ofício (crime), mas não reagimos a nada. Uma presidente foi afastada e estamos novamente em berço esplêndido, dormindo o sono eternos dos brasileiros - burros e preguiçosos... Viva o brasileirão na tv, o churras com muita cerveja de 5ª, que é o que nos é oferecido e com algumas orações/rezas quando a coisa aperta...

Não reagimos a nada!

Não reagimos aos piratas, não reagimos aos governos, não reagimos a absolutamente nada. Qualquer coisa coisa que nos traga para a zona de conforto nos faz ficar simplesmente no conforto.

É triste e não só pelo fusca, pois esse parente é apenas a 6 pessoa que conheço que perdeu seu fusca. Um foi no mercado, outro no parque, outro de dentro da garagem mesmo, e assim vai..

E vamos continuar, acomodados e não reagindo...

Nunca reagir....

Nunca...

Nun...

N...

quarta-feira, 22 de junho de 2016

É água pra caralho....

Me perdoem o uso do "caralho", mas a frase não teria sentido tão maior sem esse adjetivo... Mas é que a coisa é grande mesmo, pois desde as primeiras horas de hoje, quarta-feira, choveu 33 mm em curitiba... 33 mm

Quer ter uma ideia do que é isso?

Se você fizesse um quadrado de 1 metro por 1 metro e colocasse 33 mm, você teria 33 litros de água.

Se essa caixa fosse de 100 metros por 100 metros, você teria???? 3300 litros...

Imagine isso nos 430,9km² de curitiba...

É muita água... E isso é bom, né, até porque essa água vai para as usinas hidroelétricas e assim, possivelmente não teremos falta de energia elétrica, o custo vai baixar e poderemos usar aqueles aquecedores para aquecer o inverno... Sabe nada, inocente...


Bom, não tenho nada para escrever hoje, não tenho assunto ou tema, não tenho sequer uma inspiração, se alguém tiver, passa via face, ajuda... passa via whats, ajuda.. passa em sinal de fumaça...hahahha



abraço

terça-feira, 14 de junho de 2016

Será mesmo?

Reflexões de um dia normal:

- será mesmo que precisamos te toda essa velocidade quantidade de dados, dia após dia, hora após hora, minuto após minuto?

- porque bits e bytes se tornaram tão importantes para que a gente não durma mais direito, não coma mais direito, não viva mais direito?

- o que podemos esperar? Smartphone implantados na cabeça para que não percamos tempo esticando as mãos para retirá-los dos bolsos?

- implantaremos algum indutor magnético que nos fará pensar como máquinas e não mais como humanos?

- será que, assim como hoje somos obrigados a aceitar diversas coisas, como cachorros que são gente e parte da família, teremos que nomear nossos dispositivos como nome e nosso sobrenome?

- quando dormiremos no dia em que nos tornarmos máquinas?

- porque me dói nos ouvidos quando escuto alguém dizendo que vai procurar no google porque o google tem a resposta para tudo?

Bom, são reflexões que tenho em mente nos ultimos tempos. E como pai de dois moleques, tenho me preocupado cada vez mais com a dependência de bits, redes sociais, youtube e ainda pior, youtubers e facebookers... Gente que tem pouco ou quase conteúdo vendendo verdades ou quase verdades a preço de merda só para se tornar celebridades...

O mundo mudou mesmo, e os focos estão cada vez mais mudados. ou alguém aqui acha que realmente a internet é o mar de verdades que parece ser?

Não se se escrevi aqui já, mas comecei a usar a internet antes mesmo de ela ser uma internet no brasil, precisávamos de convite para tal e confesso que esse processo evolutivo de 20 anos me choca a cada vez que acesso meu blog para escrever, por exemplo.

Toda essa informação, todos esses incapazes fazendo as vezes de reis da verdade, um bando de gente que acha que uma câmera nas mãos e um canal no youtube e tudo certo... Mas, lembra daquela: Tostines vende mais porque é fresquinho ou é fresquinho porque vende mais?

Tudo isso existe porque tem que queira ou tem quem queira porque tudo isso existe?

Não sei não, ma que assusta, assusta...

E viva a internet, terra onde todos são um só ninguém!!!

segunda-feira, 13 de junho de 2016

A que ponto chegamos, heim?!

Depois de um famoso 7 x 1, que na verdade eu torci e vibrei por cada um dos 7, tomando claro uma Heineken bem gostosinha, o que mais faltava para nossa Seleção Brasileira de Futebol Masculino?

Faltava isso, perder por um gol de mão...

Hoje pela manhã ao ouvir no rádio, não pude deixar de rir e me arrepender de não ter assistido o jogo novamente com uma Heineken nas mãos. Seria um deleite prazeroso que perdi. Sim, além de não gostar nenhum pouco de futebol, embora tenha dois filhos apaixonados pelo esporte, torço sempre contra a Seleção Brasileira. Muito mais pela forma como ela é utilizada que pelo que ela representa.

Mas, vamos lá... Se ela fosse assim tão boa, com certeza um gol de mão, de pé, de cabeça, de perna, de bunca, não faria qualquer diferença, certo?

Se estivessem ganhando de 2, 3, 4, 5 ou até mesmo 7, esse golzinho não seria nada. Mas, fato é que perdeu por um gol de mão e qual time nunca ganhou com um gol de mão ou de braço? Aliás, o próprio Brasil, na Copa América de 1995, com um tal Túlio, que ajeitou com a mão, juiz fez vistas grossas e gol...

Ou seja, pau que bate em Francisco, bate em chico, não é mesmo?

Muito bem feito, menos dinheiro será gasto com esse bando de "jogadores' e todos os luxos que eles carregam consigo.

Não assisti o jogo e pena, vibraria muito com ele!

Legal é que provavelmente perdi Galvão e suas certezas mitológicas com relação ao gol de mão, ao juiz e coisas assim...

Bem, menos mal, o brasil já fez o seu de mão também...


Tá tudo igual!!!


Fui!

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Podem me xingar...

Qualquer um que leia esse e-mail tem o direito de me xingar pelo menos uma vez, se possível, poupando a honra da minha mãe apenas, mas de resto, sem limites. E claro, podem profanar a vontade pois, eu realmente não me importo: AMO O FRIO!

Amo mesmo!

Hoje, a hora que entrei no carro o termometro marcava 4.5°C. Assim que saiu da garagem, baixou para 3°C...

Isso foi tão bom para mim que, mesmo sentindo esse frio todo, meu dia ficou muito mais alegre, mais feliz, mais gostoso. O frio acelera meu cérebro ao ponto de que eu prefiro trabalhar com frio do que suando no calor. Quando nasci e onde nasci, fazia muito frio e talvez por isso que eu goste tanto assim de frio.

Mas sou parte da grande minoria e isso também não me importa, afinal de contas, minorias normalmente tornam-se tão importantes na sociedade!!!

E quero que esfrie mais, mais e muito mais...

Os que não gostam que me perdoem, mas vocês tem a maior parte do tempo de calor, então, deixa a galera do gelinho curtir essa curta temporada que teremos...

Por isso é que eu defendo que o paraná consiga sua independência do resto do Brasil!

Somo s um estado top e assim deveria ser, criamos uma país Paraná e depois, exportamos o Beto Richa para São Paulo ou para onde quer que seja, e assim, já começamos a nos livrar desses entulhos que estão destruindo esse estado...

Podemos mandar ele para Sampa, o Requião para Santa Catarina e os demais, mandamos uma para cada estado escolhido por sorteio aleatório... Será?

É, acho que o frio está me fazendo mal agora...kkkk

Brincadeiras a parte, o texto era mais para ajudar a esquentar meus dedos!!!


E claro, porque adoro escrever para todos os que leem esse blog...

Abraço!!!

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Desculpem-me!

Então, a história é a seguinte: nos ultimos dias estamos, nós curitibanos, sendo bombardeados com notícias, relatos e histórias dos assaltos a ônibus e principalmente, aos passageiros desses veículos. Não obstante, temos ainda os assaltos aos transeuntes e demais cidadãos dessa sociedade. Nesse contexto, um detalhe que chama atenção é que os meliantes, chegam, abordam suas vítimas algumas vezes com extrema violência desnecessária para o tamanho do delito e exigem algo específico: o celular!

Ouvi pelo menos 3 relatos na ultima semana além das notícias que deram conta do assunto.

E aí, peço desculpas mais uma vez, mas não há como continuar o assunto sem tocar numa ferida social muito importante que é nossa participação nisso tudo. Eu sei, todos temos o direito de trabalhar e conquistar nossos objetos, os nerds uma época chamavam de Gadgets e assim sendo, nada mais justo que os usemos onde quisermos e coisas e tal.

Mas, assim como conheço pessoas que foram assaltadas e tiveram seus bens levados, alguns inclusive com o uso de arma de fogo para coação, conheço também pessoas que participam do outro lado da coisa (não são meliantes não), mas que alimentam esse mercado, hoje mais livre que tudo!

Certa vez, caminhando no centro de curitiba, ao parar e esperar o trânsito para atravessar uma rua, fui abordado por um sujeito, bem vestido, de fino trato, que, me mostrou um aparelho (conheço bem esse nicho) que valia na época, novo com nota, por volta de 1500 reais. A oferta era esse aparelho, sem fones de ouvido ou carregador, com a garantia de perfeito funcionamento, por 750 reais. Claro que eu, no meu pensamento pensei, opa, boa oferta, mas que neguei de forma imediata.

Mas o moço foi além, baixou o valor para 650 reais... E novamente neguei, pois logo imaginei que não era alguém desesperado por dinheiro que estava vendendo um bem seu para alimentar 5 ou 6 perebentos em casa!

Para minha surpresa, esse cidadão de bem, até que se prove o contrário e que deve ter estudado em uma excelente escola de negócios, me propôs que, se eu quisesse, ele iria comigo até o banco e por 500 reais em dinheiro o celular seria meu, assim, na tranquila, 15 horas e tantos de uma tarde de dia da semana.

Aí eu te pergunto: como não aceitar que isso seja no mínimo um bom negócio? Explico antes das acusações de apologia ao crime.

O cara está ali no centro de curitiba, onde passam milhares de pessoas todos os dias. Em 2 minutos, fechamos a negociação com 3 negações minhas. Ele parte para outro. Em uma hora bem trabalhada ele vai abordar algo próximo a 30 pessoas (60 minutos / 2 minutos por pessoa = 30 pessoas)... Se dessas 30 pessoas por hora, 1 comprar seu produto, ele ganha 500 reais por hora. Piorando o cenário, se ele vender 1 a cada 2 horas, 250, 1 a cara 4 horas, 125... Quem ganha isso hoje por hora?

Com uma faca nas mãos ou uma arma, em 1 hora ele consegue levantar vários aparelhos... E aí, dá pra pensar que investe uma parte da manhã para ganhar, uma parte do dia para limpar os mesmos e a tarde, sai vender...

E, se tem gente que compra, tem gente que vende, se tem gente que vende, tem gente que rouba, se tem gente que rouba, tem gente que é assaltada, e o ciclo nunca mais vai fechar a não ser que uma das partes desista de participar, o que, num futuro próximo não parece ocorrer...

Ou alguém ainda acha que os assaltos com roubo/furto de celular é para levar os aparelhos para as cadeias? Não, né...

Lembro-me bem que uma época esse mesmo comércio girava em torno dos Walkman´s, que eram febre. Depois, passou para os óculos, quem nunca teve um HB roubado? Os meliantes subiam nos pneus dos ônibus parados para roubar óculos de sol HB, Mormai... E dinheiro é algo raro, pouca gente anda com dinheiro... Jóias idem - documentos e cartões não servem para muita coisa então, sobra os famosos Gadgets, que cada vez custam mais caro, cada vez são mais cobiçados e por ai vai.

A polícia pode fazer tudo que for possível, enquanto tiver gente comprando iPhones roubados, Galaxy S7 furtados, e outros smartphones de mercado clandestino, haverá pessoas dispostas a roubar os mesmos...

TV´s, bicicletas e até carros - é a mesma coisa, quem não conhece alguém que tenha comprado um bem desses (tirando carro) baratos? Isso sem falar nos mercadões do face, que viraram uma bora ferramenta (alguns poucos) e nos sites de vendas, em que a origem não é exigida ou verificada...

E nem vem com o papo de crise, pois quem participa disso, não tá interessado em crise...


Por fim, vamos lá... Qual linha será a próxima?

Fui!!

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Demoradinha...

Ontem fiz um teste: uma rapidinha... Não sei ao certo se deu certo ou não deu pois ainda não recebi feedbacks a respeito, mas hoje, vamos fazer uma demoradinha, aquela do famoso "senta que lá vem a história", e só quem curtiu Castelo Ra - Tim - Bum ou coisa parecida vai saber do que estou escrevendo.

O assunto de hoje é polêmico, porque você quer!
O assunto de hoje é chato, porque você quer!
O assunto de hoje é mais do mesmo, porque você quer!
O assunto de hoje é uma merda, mas eu também sou uma, porque você quer!

Vamos lá, imaginem um casal, com 1 filho.

Foi?

A mãe, paga a internet, logo essa mulher além de mãe, é provedora, prestadora, fornecedora ou qualquer merda parecida, certo?

Mas quem diz quem pode usar e quanto é o pai, pois tem mais conhecimento em informática. Esse cara, por todo seu knowhow é o Agente Regulador, beleza?

Ah, o filho é o maldito fdp que usa... o consumidor, o mimadinho!

Então, chegamos ao quadro que é o seguinte:

Tudo está fluindo, mamãe tá de boa, papai também e filhote idem.

Mas um dia, não se sabe porque, mamãe resolve limitar a internet (diz que é porque o cado de rede não aguenta mais de tanto dado que trafega...)

Papai se levanta, indignado, ainda com aquele copo de bebida chique nas mãos e diz: isso é um absurdo! O filho por sua vez, grita solitário nas redes sociais e logo aparecem irmãos de todas as partes do planeta com sua capacidade de comentar inteligentemente! Mamãe recua e Papai se sente o fodão...

Mas mamãe não desiste e passados alguns meses, Mamãe avisa novamente da futura limitação, que ocorrerá apenas depois do natal, e com aviso prévio pode e ainda avisa que além do cabo de rede de merda ainda tem que baixar custos pois, não poderá trocar o modem por aquele modelo que não serve para nada que a amiga dela ouvir o cumpadre do pedrinho, primo do antônio... me perdi...

Papai, se levanta e diz que, se quiser limitar, vai ter que oferecer uma opção, pois o filhote precisa de acesso... Mimado o filho, babaca o pai e mais fdp. ainda a mãe, né???

Só que nesse meio tempo, na casa, chega para morar um tio estranho, com nome estranho, e que vai assumir todas as contas da prestadora... Tudo será pago por ele... E ele determina limitações.. Sem contestação e se o Papai quiser contestar, vai deixar de tomar sua bebidinha, sua cervejinha e o que o ocorre???

Isso mesmo, papai diz que tira o corpinho fora... Não vai mais dar pitaco, afinal de contas, Titio e Mamãe que se resolvam afinal, o filho é apenas um consumidor...

E que assim seja, é impressionante a ingerência que uma agencia de regulação tem no brasil. Não é só ela, e não será uma unica vez ou alguém sabe da história das taxas de interconexão que a anatel ainda mantém? Ou então, do apoio que ela deu e ainda dá para os pacotes das operadoras?

Ah, e ainda que o presidente dessa agência é ex de uma operadora?

É assim, interesse, interesse e mais interesse...

Livre mercado, anatel? Só quando a anatel deixar de existir e servir de cabidão...

Deixa o livre mercado dizer quem é quem, ou então, faça o que veio fazer, por favor...



Até!!

quinta-feira, 2 de junho de 2016

Rapidinha...

Seja lá o que for, esse texto vai sair rapidão, em menos de 15 minutos. Erros de digitação são aceitos, de língua, nunca... Mas, vamos lá.

E não é que parou de chover na cidade de curitiba? Pois é mas alegria de pobre vai durar pouco e logo o pó que não existe mais no interior asfaltado dará lugar a muita água. Né?

Entre peças de teatro com nomes e vereadores que nunca fizeram nada e agora querem fazer, vamos tocando a barca. Inclusive sobre isso, estou mesmo pensando em fundar a minha igreja, e com ela, deitar num colchão de dinheiro, ter emissoras de rádio, tv, e quem sabe até um dia comprar o facebook e tornar ele um biblebook, ou um bibleface ou qualquer merda dessas que sirva para incentivar todos a comprar pedacinhos nos céus que somente meus franqueados estarão autorizados a vender....

Quer ser sócio, bora lá que podemos providenciar, heim.... Ou seja um franqueado...

E quem pensou num trecho "brincadeiras a parte", não é brincadeira não...

Alás, muitos sabem que tenho dois filhos, certo? Sabe aquela história de que com criança precisamos ter cuidado redobrado? Quem se perdermos a vista um instante, cabum?

Alguém me explica isso, com fatos e dados que demonstrem isso ser verdade? Ou meus filhos são tão diferentes ou então, acho que o problema não bem com as crianças, heim, mas sim talvez com os pais. Será que "alguns instantes" seriam tempo suficiente para seu, meu, nosso filhos soltar de nossas mãos e pular na jaula de um leão ou na gaiola de uma gaivota?

Será???

Que o futuro deus de minha igreja nos perdoe de forma antecipada e depois eu pago o dizimo, mas isso é um absurdo... Hoje em dia vivemos verdades que foram criadas por ditos populares e que em nada tem a ver com a realidade de uma grande parcela, como a história de tomar cerveja preta durante a amamentação ou de evitar laranjas...

Quer outra?

Quando descobri meus cálculos renais, me proibiram de comer muitas coisas, todas com cálcio e adivinhe? Fiquei ainda pior, aumentaram tanto o tamanho quanto a quantidade de pedras nos rins. Depois de ler um estudo a respeito, voltei a comer de tudo, com ainda mais cálcio e adivinhe??? Quase 3 anos sem...

Antes de achar, se informe, antes de pensar, repense, antes de existir, seja: seja curioso, seja humilde, seja você mesmo - ninguém nasce sabendo, mas saber o que apenas "os outros" querem que você saiba pode ser ainda pior...

Abraço...

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Sem a real noção...

Confesso que nas ultimas 3 semanas não tenho cometido contra mim o crime de "me manter informado"! Isso mesmo, estou evitando notícias, comentários entre outras ações relacionadas a política, Michel, Temer, Ilma, Dilma ou qualquer outro personagem desses que não vale mais a pena comer uma migalha de pão.

Fato que, deveria estar cada vez mais informado, mas não quero mais isso. É preciso buscar qualidade de vida e por mais que ser informado seja necessário, buscar tudo isso não é mais um dos meus objetivos de vida... Ah, não é mesmo...

Porém, alguns acontecimentos me chamaram atenção nos ultimos dias, mas todos eles relacionados aos curitibanos e seus costumes. O primeiro é sobre uma peça de teatro que tem um título bastante estranho, Pornô Gospel - e não sabendo do que se trata, comento que achei estranho uma galera assinar um documento para que a peça saia de cartaz. Evangélicos, católicos e acho que até os mórmons vão se unir, atores já foram jurados de morte, enfim, é o que tem para hoje. Se isso tudo é verdade, não sei, mas é o que comentaram no rádio ontem... Para que tanto ódio e intolerância? Afinal, não quer assistir não vá, simples assim...

Ah, se ofendeu porque tem gospel no nome? Bom, ema, ema, ema, cada qual com seus problemas, não é mesmo?

Para quem tiver interesse em ler a sinopse do espetáculo, veja no link CLIQUE AQUI

Acho que fiquei com vontade de ir... Mas não vai rolar agora...

Eu me impressiono com a quantidade de vereador que não faz bosta alguma, como os que deram entrevistas ontem, mas que num caso como esse já se utilizam de suas ferramentas regimentais para se manifestar. Eleitos para o povo para legislarem em causas evangélicas - país de merda, povo cagado mesmo!

Depois disso, dá vontade de gritar: MUDANÇA JÁ - mas isso não vai sequer ser ouvido por esse rebando que, cegos nos evangelhos, continuarão a ser dominados pelos mais espertalhões que se utilizam de um livro dito sagrado, para salvar e ganhar uns din-din...

Se tudo der certo, logo eu crio a minha igreja e aí, meu Camaro me espera!!!

Segue o barco... Um beijo no coração de todos e o dízimo, pode ser no cash mesmo, fica mais fácil!!!

Benção...