quinta-feira, 20 de outubro de 2016

A mais linda campanha fundo de fossa para prefeito que já vi

Bem, o título desse texto não deveria ser bem esse mas é que a coisa está tão fedida, tão nojenta que tentei ser o mais leve possível. Minha vontade era de ofender a mãe dos dois candidatos de forma literal e explícita, mas vou pensar na minha mãe e na educação que ela me deu para continuar a escrever. Quem lê este blog sabe que o momento mais importante do ano para mim, foi quando o careca perdeu a vaga para a prefeitura já em primeiro turno. Perdeu e a derrota foi linda.

Nunca acreditei que isso pudesse acontecer, embora tivesse minhas esperanças...

Sendo assim, gustavo, fruet, tavinho da mamãe, cicloprefeito, ciclofruet, qualquer coisa assim já é assunto do passado. Por mais que ainda faltem 2 meses completos e mais alguns dias para finalizar o mandato dele, ele não fez bosta alguma para o povo em geral durante 3 anos e tantos, agora, vai dar na mesma... Ele que continue a limpara a casa ou ajustar a parte interna... Não fará falta...

Não fará falta?

Modo minha língua, idiota que sou...

Acho que infelizmente fará falta assim...

Porque digo isso?

Simples:

Ney, Rafa - o que escolher?

Talvez, dos dois uma passagem só de ida para Pinhais ou qualquer outra cidade que não eja o Rio de Janeiro fosse o melhor botão verde para apertar. Não que eu tenha coisas contra os dois candidatos, não tenho, mas se considerar as duas campanhas, sinto ânsia de vômito!!!

Vomitar seria pouco...

Uma campanha mais suja que merda, mais fedida que cocô, mais imunda que pau de galinheiro (quem nunca viu, corra atrás)...

Os ataques, partindo de ambos lados, estão cada dia mais escrotos. Deixaram a discussão política para trás. O mais novo e o mais velho se ofendem de forma inconsistente com a racionalidade humana. Se ambos temem a deus, devem ter esquecido disso, pois não tem mais respeito.

Mentir, desrespeitar, ludibriar... Ofender, criticar sem poder fazer melhor, enganar...

Como sempre, a política paranaense não decepciona e cria essas situações desmoralizantes.

Sempre foi assim. Desde pequeno lembro-me bem de uma campanha que assistia na teve, que mostrava uma caricatura de um candidato (não lembro que era) e enquanto um o outro candidato falava em off, o nariz ia crescendo. Era até bem humorada para uma criança, como eu, mas hoje em dia sabendo que esses senhores filhos de boas mães vão me governar por 4 anos, e a exemplo do que está saindo podem ser tão ineficientes quanto um prego num pacote com milhares de pregos, podem ainda ser piores do que o que hoje aí está.

E nessa hora, o meu voto perde a graça e todo esse lixo que tenho ouvido no rádio, recebido na janela do meu carro nos semáforos e assistido na televisão, me preocupa muito mais do que qualquer outra coisa.

Tenho filhos, temos filhos, família e uma vida pela frente e esses governantes são os que vão nortear tudo por 4 anos, pior, podem ser até 8 anos... O carequinha não conseguiu o bonus, mas é outro assunto para outra hora...


Enfim, se puder, não escolha mas se escolher, escolha o melhorzinho entre os dois piores que sobraram.


Abraços...


ps.: quem me conhece sabe bem que eu até tinha escolhido, mas depois desse segundo torno escatológico, não, não tenho mais escolha, eu escolho não escolher!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!