quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Poucas atualizações!

Esse semana não foi a melhor. Aliás, nem a semana passada foi das melhores. Mas a vida é um ciclo e logo estarei no ciclo das boas semanas. E antes que alguma crítica chegue, eu sou assim, um dia estou 100% e no outro, estou 98%... kkkk Remedinho bão esse, heim?!

Mas, antes de continuar, olha lá um trechinho do que rolou em curitiba hoje, por volta das 13 horas:

video

Aliás, depois desse pé d'água, eu até perdi o fio da meada... Não lembro mais sobre o que vou escrever ou melhor, sobre o que eu iria escrever hoje. Vou tentar pensar em alguma coisa bem rápida...

OK!

Vamos lá...

Mais uma vez, uma análise sobre o fenômeno moderno mais lindo: web. Ontem eu conversava com uma amiga e ela me dizia que seu filho havia sido viciado em videogame, que era apenas uma fase e que depois de um período passou. Eu conheço o moleque que hoje é um homem já, e realmente, ele é bastante integro.

E, mesmo com o depoimento dela, fico cada dia mais preocupado e não apenas com meus dois filhos, até porque ambos, por culpa minha, estão bastante dependentes da internet. O meu mais velo, muito tristemente, não consegue por conta própria ficar 1 hora sequer sem assistir alguma merda de canal de youtube. Ou é uma verborragia de palavrões, que é muito comum ou então, vídeos de "gamers" que por algum motivo que ainda não entendi, viram celebridades ou ainda, por conta dos canais que ensinam coisas que até um adulto não deveria aprender.

E aí, bloquear?

E ai, como proceder?

Bom, nos dias em que, por algum motivo tiramos o gadget deles, eles sentam-se no sofá conosco, participam, brincam... acredito mesmo que bloquear seja a melhor forma de mantê-los fora dessa merda de internet até que tenham maior nível de consciência do que é correto ou não e de como usar essa ferramenta que, na concepção até foi maravilhosa, mas que se torna a cada dia, algo dispensável para as mentes preparadas. Assim como religião e a política no brasil.

E, se discorda, eu aceito... Mas tenha, claro, um bom argumento, pois opinião, todo mundo tem, e agora, muitos querer mostrar que tem opiniões...


Abraço!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!