sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Inspiração? Puxa vida, hoje não!

Ontem pedi desculpas no facebook ou redes sociais como alguns preferem citar na mídia, porque não tinha qualquer assunto em mente o qual pudesse utilizar para escrever aqui. E hoje não é diferente. Diferente sim, é que não vou comentar a morte do ministro do STF. Não, deixa a Aeronáutica e o CENIPA investigarem, afinal, eles manjam do balacobaco - eu não!

Mas, finalmente é sexta-feira e amanhã, para aqueles que não trabalham já é dia de ficar em casa, descansar, curtir com os amigos e família, bagunçar, mas também, tem aqueles que limpam as casas, lavam calçadas e dão aquela geral nas roupas utilizadas durante a semana. Eu, nem sei o que vou fazer mas, ainda assim será sábado e depois domingo.

Né?!

O problema é escrever sem inspiração. Porém, como eu gosto de escrever e estou tentando manter minha condição de sempre escrever, hoje pode parecer enrolado mas não é bem isso. Vamos lá então: você tem carro?

Sabia que é muito mais barato levar seu carro num mecânico de confiança, de tempos em tempos mesmo que o possante não tenha nada de errado? Bons mecânicos conseguem identificar de forma antecipada defeitos e prevenir problemas mais onerosos. Por exemplo, pode se verificar condições de correias, molas, amortecedores, pastilhas de freios e lonas de freios, estado geral de pneus, óleo, filtros - esses elementos são essenciais e se vistos antes podem até custar menos do que o reparo corretivo.

Sem contar que, muitas vezes um amortecedor ruim pode ferrar um jogo de pneus. Ou um alinhamento errado pode custar outros elementos de suspensão.

Além disso, você que tem um possante deve sempre cuidar de alguns detalhes que dependem de você ou que um frentista pode ter ajudar:

- calibre pelo menos uma vez a cada duas semanas os pneus de seu carro. Consulte o manual ou na internet a pressão adequada, existem pressão para carro leve e pesado (carregado). É normal, na moldura da porta do motorista haver um lembrete com essa pressão também. Consulte e mantenha sempre calibrado, evita situações de acidentes e também, o desgaste prematuro do pneu.

- águas: radiador e tanque do limpador de parabrisas... é importante sempre verificar. E a "água do radiador", na verdade, deve ser verificada a existência do fluído, que ajuda a manter o sistema limpo. Se a água estiver enferrujada, é melhor fazer uma limpeza e substituição na proporção indicada pelo fabricante. Já me ferrei com isso, por isso digo, faça antes, depois fica muito mais caro.

- verifique o nível de óleo, sempre! Carro sem óleo, vai pro beleléu... E troque óleo e filtro sempre, conforme o óleo que você usa: mineral a cada 5000 km, semi-sintético a cada 7500 km e sintético a cada 10.000 km. E nunca troque o tipo... Eles são incompatíveis entre si e se houver a troca, vai dar merda...

- verifique luzes: uma dica - se você parar de ré perto de uma parede, como num supermercado por exemplo, você pode sozinho verificar o funcionamento das setas, das luzes de ré, de freio e de sinalização. Se tiver queimada, troque ou peça para um amigo ajudar...

São cuidados básicos como esses que ajudam você a gastar menos de uma só vez e assim, mantém você em segurança nas estradas e mesmo na cidade.

Cuide do seu possante, ele merece...

#abraço

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!