terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Pensamentos vagos... até demais...

Quando escrevo, tenho algumas características que irritam muito as pessoas. É uma coisa minha, não consegui mudar ainda, mas acontece. Uma delas é não usar letras maiúsculas quando preciso e usar muitas reticências (...) quando elas não fazem o menor sentido. Mas ainda assim, continuo escrevendo. E outra coisa que tenho como característica é escrever ou pensar coisas que as pessoas não pensariam, até para não gastar tempo com besteiras, né?!

E hoje vai ser uma dessas ocasiões!

Vamos lá, alguém já ouviu a palavra e sabe o significado de anarquismo?

Significado de Anarquismo
s.m.
[Política] Teoria política que afirma ser a sociedade uma instituição independente do poder do Estado; teoria social e política que não aceita a submissão da sociedade aos poderes governamentais e/ou à autoridade do Estado; anarquia.
[Por Extensão] Ação ou movimento que se opõe ao governo do Estado.
[Por Extensão] Tudo aquilo que possa ser contrário às normas e aos costumes pré-estabelecidos.
(Etm. anarquia + ismo)

E aí, estou eu sem muito o que fazer, com certo tempo livre, pensando em nada ou tentando ocupar a mente com coisas positivas e me vem essa ideia na cabeça!

É muita burrice minha mas, percebi que o anarquismo no brasil está invertido. Ao invés da sociedade não aceitar uma forma de poder instituído, quem na verdade não aceita a instituição de poder e também não está nem cagando para a sociedade é o governo. Eles vivem numa redoma na qual, estão sempre muito bem protegidos e de lá, não fazem nada para o bem coletivo.

Se, a ideia seria uma sociedade sem um governo, podemos também assumir que estamos quase vivendo assim nesse país, ou seja, temos até uma figura governamental a qual detém certos poderes que norteiam nosso destino, mas os mesmos não aplicam os mecanismos, ou por incompetência, que é o que eu acho mais provável ou então por cegueira funcional mesmo. Eles fazem de conta que fazem, nós fazemos de conta que aceitamos e a coisa anda.

Somos 200 milhões de habitantes e deixamos 10 mil, mais ou menos, nadar em nós e pior, ferrar com tudo. Assistimos a isso tudo "deitados em berço esplêndido", tomando aquela geladinha e comendo um churras parceladão no final de semana. Tá certo isso?

Eu sei que meu pensamento sobre a palavra anarquismo sendo invertida não faz o menor sentido, foi apenas uma forma de propor uma linha de raciocínio que garanto, se for estudado, vai demonstra que nós brasileiros somos sim, o povo mais passivo da história do homem na terra, não acredito que qualquer outra nação um pouco mais evoluída que a nossa, aguentaria tamanhos absurdos como nós levamos, sem reclamar.

Não concorda? Ótimo, seja você então o primeiro a, com argumentos válidos e inteligentes, discordar de mim. Vou adorar ver que entre 200 milhões 1 vai se salvar dessa selva de apáticos.

Em contra partida, quando um governo resolve fazer coisa que há muitas décadas precisavam ser feitas, nos deparamos com um povo que se mobiliza, mesmo que em redes sociais para ser contra.

Vai entender esse povo, né?!

#abraço

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!