quarta-feira, 1 de março de 2017

Acabou o carnaval...

Acabou a festa... Triste e dura realidade volta a tona. Mesmo assim, bancos só após o meio dia e olha lá, que ficarão até as 16 horas normalmente. Não dá pra entender porque isso, mas ainda assim, é assim que acontece. O país parou por 2 dias e meio e tudo bem, vamo que vamo, o cortejo segue. Ou melhor, não segue!

Sou hipócrita e criticar o feriado e ter ficado de boa esses dias, mas é que depois de uma certa idade, quero mais é que as causas pelas quais militei um dia, sejam militadas por outras pessoas, que não eu. Meu humor, meu sono e minha saúde agradecem...

Pois bem, acabou o carnaval, como diz o dito nacional, o brasil só começa a funcionar depois do carnaval. Mentira, mas, vamos ver esse ano o que vai dar.

Pessoas, alguns veículos estão falando que a crise está dando sintomas de melhora. Gostaria de poder ser uma fonte de informação para todos mas, isso é mentira. Juros mais baixos e inflação mais baixa não farão a crise acabar da noite para o dia, é preciso tempo. Minha aposta é que até pelo menos 2021 estaremos em crise. O desemprego já não é mais um medo e sim, uma realidade. A industria se reinventou e precisa cada vez menos gente, cada vez menos mão de obra.

Os bancos, por sua vez, estão cada vez mais digitais e cada vez menos humanos ou seja, menos postos de trabalho.

É preciso agora, que reinventemos a interação humana com as relações de trabalho. Precisamos achar outras formas de remuneração, formas lícitas - ok - seja abrindo um negócio, seja criando uma carteira de serviços, ou seja, precisamos reinventar. Emprego formal com carteira assinada vai ser para poucos, os mesmos poucos que estão reclamando da reforma da previdência, assunto esse para outro post.

Sendo assim, o ano vai ser cheio de coisas para pensar, e mais um monte de coisas para fazer e claro, acredito que um monte de coisas que não terão maior impacto em nossas vidas...

Como eu diria em 31/12, mas que não faz mais sentido no fim do ano e sim agora:

FELIZ ANO NOVO!!!

#abraço

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!