sexta-feira, 6 de abril de 2018

Mais um pequeno passo para o homem...

E um passo menor ainda para a humanidade. Porém, para esse povo que aqui habita, me refiro aos brasileiros, aí sim, talvez um bom acontecimento. Não vou utilizar superlativos para isso pois não quero dar mais ênfase do que seu personagem principal merece pois, em minha opinião, não merece sequer um comercial de saquinhos de Ki-suco.

Sim, após muitos acontecimentos, finalmente como antes nunca vista na história desse país, hahahah, brincadeira, mas enfim, finalmente o ex-presidente teve, além das condenações em 1ª e 2ª instância por causa de uma apartamentinho, sua prisão decretada. Dessa forma, aconteça o que acontecer, ele deve sim dormir na cadeia hoje. Cadeia não, uma grande salinha confortável na polícia federal.

 Eu fui contra o impeachment da Dilmanta. Fui conta pois não concordava muito com as alegações e com o movimento hipócrita que se criou nesse país, o qual, gerou uma polarização perigosa de certezas. E, em terra de extremos, quem tem discernimento é rei. Porém, no caso do ex-presidente, não há como não dar o braço a torcer considerando que, um juiz de primeira instância como o Sérgio Moro ou qualquer outro com tamanha capacidade, confiabilidade e claro, imparcialidade e estudo, que a prisão é pelo menos o mínimo que cabe a ele nesse momento.

Se roubou pouco ou muito, se eu roubar, muito ou pouco, eu pagarei por isso.

Então, ao ver esse movimento todo acontecer, me surpreendo porque na verdade, talvez seja a primeira vez de muitas que verei na vida em que alguém vai ser condenado por corrupção após ter ocupado o cargo que ocupou, ou estou errado?

Estou feliz?

NÃO - gostaria que as pessoas fossem boas - não são!

Estou contente?

SIM - porque está acontecendo.

Vai resolver alguma coisa?

NÂO - porque tipo ele, temos milhares no Brasil.

Bom, esse texto foi só para registrar um acontecimento, pois eu sou brasileiro e embora eu já tenha desistido desse país há pelo menos alguns anos - não tem mais jeito...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!