quarta-feira, 27 de junho de 2018

2 poderes - ou quem sabe 1 apenas

Acho legal pois quando assistimos um desenho animado ou um filme de super heróis, sempre temos uma divisão muito clara de funções. Ou um deles é bom no gelo e o outro no calor, ou então um corre muito o outro é forte pra caramba, um é de ferro o outro é capitão.. Sem há uma divisão de poderes. Sempre.

Aqui no baziu, eu cresci com pessoas tentando me "ensinar"/convencer de que há 3 poderes muito distintos, previstos e autônomos. E, toda vez que alguém aborda esse tipo de assunto comigo, eu tenho ainda mais a certeza que temos sim no baziu alguns poderes, mas ao meu ver, são apenas 2.

Sejam eles:

1 - GOVERNO
2 - RELIGIÃO (e tudo que vem anexo, tipo deus, chésus essas porras todas);

Vejamos, vou argumentar expondo a forma como penso, e de cara já digo, se tu for contra, tu tem todo direito, inclusive de comentar e participar da discussão, mas sua opinião não necessariamente mudará a minha...

Vamos lá. Como me dizem que é: executivo, legislativo e judiciário. OK! Lindo no papel.

O executivo é quem manda nessa merda toda, nisso que alguns hipócritas acreditam ser uma democracia. Se o executivo faz, tudo acontece, se o executivo quer, tudo acontece, se o executivo manda, tudo acontece. É dele que partem boas quantias de dindin para os outros poderes... E é ele quem indica os maiorais do judiciário, quem, precisam passar pelo aval do legislativo. Ou seja, como que isso pode dar certo?

É como um amigo meu indicar um amigo dele, sempre haverá algum vínculo moral ou imoral entre os 3, e isso em algum momento fará a amizade acabar ou ficar abalada.

Ao observar o comportamento dos ministros do STF percebe-se nitidamente mesmo que seja negado por eles, que há sim intervenção de caráter político em suas decisões que sempre tem pesos e medidas diferentes no que diz respeito aos réus e condenados. Se eles forem comuns, ou seja, pessoas que não sejam dos 3 poderes, tudo pode e tudo é. Se eles forem de alguma forma ligados ou ex-ligados a um dos três poderes, nada pode acontecer.

É imbecil pensar que, 3 poderes se fundem em um só, no qual, o poder fica com quem executa tudo. Ele pode pagar para o legislativo fazer o que ele quer, ele pode determinar o judiciário fazer o que ele quer e ele pode, mesmo fora do poder há tempos, moralmente continuar mandando e desmandando.

Difícil acreditar em "democracia" quando os três poderes se fundem em causas tão específicas para proteger uns e são independentes na hora de ferrar a grande maioria. Sim, com seus salários, debaixo de suas togas, ternos, gravatas e imunidades, além de grandes aparatos de segurança, fica fácil foder o povo. Fácil, fácil.

Obrigado ministros por soltarem o Dirceu, ele é sim alguém da maior honestidade... E um bom espécime paranaense, o qual nos dá muito orgulho. Soltem também o Lula, aproveitem que estão por cima e também soltem o casal Nardoni, a Suzane Louise Von Richthofe, e muito outros, afinal de contas, a justiça que manda prender pode muito bem mandar soltar, não é mesmo?

Com um judiciário atuando com bancadas, vai ficar difícil acreditar em qualquer coisa. Antes chamavam a justiça de lenta e cega, hoje é fácil entender que, na verdade, a justiça é muito rápida e partidária, quem faz parte, pode tudo, quem não faz... Foda-se...

Para fechar, sobre o que acredito ser o segundo poder: deus. Não sei nada, sou ateu!

A única coisa que tenho certeza é que "ele" é usado de forma a te dominar e assim, você vive bem... Enfim, cada qual com sua questão, certo?

Conviva com esses dois poderes, eu ficarei só com o primeiro, já me ferro demais com ele....

#abraçodoLG


terça-feira, 26 de junho de 2018

Hoje foi dia de desafio...

Agraciado pela ótima sensação de ver alguém atropelado às 7 da manhã, fiquei bastante curioso sobre a opinião de nossos senhores vereadores e senhoras vereadoras... e toma-lhe desafio no DLQ... Abaixo, texto que enviei por e-mail para todos.

E para minha surpresa, já há uma tentativa de resposta... veremos e informo! E, junto com esse texto, envie algumas fotinhos para alegrar os nobres vereadores..

--------------------e-mail-------------------

Bom dia, nobre vereadores e vereadoras (seus assessores também, é claro)

Volta e meia me deparo com situações as quais gostaria muito de estar em vossas companhias. Sei que muitos não vão chegar a ler até esse ponto (adoro isso), mas sei também que alguns vão ler até o final e quem sabe até me responder, como foi da ultima vez que escrevi.

Mas hoje, queria muito mesmo que todos estivesse comigo. A cena foi impressionante. Uma mulher caída, recebendo o atendimento de algumas pessoas boas de coração (gente normal, que usa ônibus também), pelas vestimentas, enfermeiras...

O sangue começava a se acumular logo abaixo de sua cabeça... Já se passavam pelo menos 8 mintuos desde a hora que meu coletivo parou - o atropelamento já havia acontecido - e o SIATE ainda não tinha dado sinal de chegar.

Sim, um ligeirinho, ônibus que foi idealizado e pensado para ser "ligeirinho", mas que numa cidade travada como a nossa, tornou-se "demoradinho" e por isso e também por ordens dos empresários e claro, da URBS (essa elefoa ineficiente que nem para circo serve mais), os ônibus cinza utilizam-se das canaletas exclusivas dos bi-articulados (2 articulações e não só uma). Quando esses cinzas não atropelam, eles batem em carros, ou ainda, arregaçam bicicletas que também disputam a canaleta...

Sim, senhores e senhoras, numa dessas ultrapassagens das tantas que os cinzas fazem pelos vermelhos, o que aconteceu? Sim, um atropelamento...

Triste não é mesmo?

Eu sei que vocês não vão se sensibilizar como eu, pois eu estive ao lado dela, não ofereci meus conhecimentos pois ela já estava sob atendimento de gente até mais qualificada que eu...

As fotos, são de longe, não sou babaca de usar isso para chocar. Vou usar para enviar a vocês e ao prefeito, que até agora, nem observou seu whatsapp.

Enquanto todos nós estamos bem agora, essa senhora estará num hospital, se ferrando e talvez, lutando por sua vida e talvez tentando dizer não para a morte. Tomara que ela consiga, pois no que depender de nossas representantes, desculpem-me, mas parece que estaremos sempre por nossa conta.

Se você puderem, façam algo, por favor... Se não, OK, continuamos da mesma forma, daqui 2 anos teremos as esperadas eleições e nada, absolutamente nada mudará mesmo. Afinal, "imagem não é nada, sede é tudo, obedeça sua sede, beba sprite", dizia a campanha, mas a qual podemos adaptar: "imagem não é nada, seu voto é tudo, obedeça sua cegueira, vote em mim!"...

Obrigado senhores, no ultimo e-mail, vários me responderam e o vereador Professor Euller até aceitou meu convite. Um entre 39 que foi passear de ônibus comigo. Mas meu obrigado também aos que responderam ou aos assessores que me ligaram. Aos que deram de ombros, OK, também, você estão apenas sendo que sempre foram: VEREADORES.

Um passar bem a todos vocês!

Obrigado pela atenção aos que aqui chegaram.

Desejo a todos um excelente dia, o meu, depois do sangue escorrendo, será, diferente... Não consigo passar liso e limpo disso. Ela é igual a mim!

Abraços cordiais...


Luiz Guilherme Gaertner

segunda-feira, 25 de junho de 2018

A hipocrisia de um povo sofrido...

Que o brasileiro é sofrido, não tem como discutir, #né?!

Fomos descobertos, colonizados e zuados por um povo top. Desde nosso descobrimento o brasil sempre foi e continua sendo uma colonia de exploração. Antes, nos levavam o pau e hoje, nos colocam o pau. Ok, tentarei deixar de lado trocadilhos com conotação sexual e tentarei ser mais respeitoso em meu texto.

Respeitoso até certo ponto, pois quanto o conteúdo da discussão é a hipocrisia dessa nação, eu já não consigo mais ter o respeito necessário. E o que quero dizer com isso?

Bom, ante de me explicar, responda a seguinte pergunta:

QUEM NUNCA?

Ai você vai retrucar: QUEM NUNCA O QUE?

E aí, parei com você!... kkkk

Quem nunca, não é mesmo?

Quem nunca gritou gol do brasil, quem nunca torceu para o Caymar deixar de cair e fazer um gol, quem nunca comprou uma camisa da seleção no "paralelo" e diz que é original ou ainda quem nunca comprou uma "original"numa loja sem pegar a nota fiscal, quem nunca assistiu um jogão da copa com aquela NETCAT instalada pelo primo do visinho do amigo que faz um gatinho original?

Pois é, little hipócrita, você mesmo é um grande alvo desse texto pois eu garanto que você vai dizer que é contra a corrupção, ou ainda, que corrupto bom tem que estar atrás das grades, né mesmo?

E tem ainda aqueles que, apesar de terem feito tudo isso, ainda acham normal querer soltar o 9 dedos... É, tem que lidar com essa situação com muito dedo para não dar problemas...

Eu sempre passo por esse clima de escrever contra tudo relacionado, sabe comé, né... Pois vejo tanta gente boa e inteligente gastando energias com essas coisas que as vezes me dá a impressão que a coisa está errada, mas não esquente, eu já descobri que quem está errado na verdade sou eu mesmo.

Que fiquem felizes todos então, mas que para mim, continuarão little hipócritas... Petit hipócritas... #né.

Então, parti e vamo que vamo... Fecharei o texto por hoje pois não tenho muito mais a escrever nesse dia. Nada que me deixe mais ou menos contente, nada que me faça pensar diferente, nada que me torne mais crente e nada que, me fala abandonar o Diário Leite Quente. Se sou ácido, perdão, eu nasci assim e assim continuarei.

Um grande #abraçodoLG

segunda-feira, 18 de junho de 2018

O que significa IPTU e para que ele serve?

Esse imposto é cobrado anualmente e nem todos sabem para que serve. Você sabe?

pexels.com
Essa pode ser considerada uma das maiores dúvidas para quem é proprietário de um imóvel ou terreno, em todo território nacional.
O Imposto Predial e Territorial Urbano, conhecido pela sigla IPTU é regulamentado pela Constituição Federal. Esse imposto é cobrado de pessoas físicas e jurídicas que possuem propriedades imobiliárias em área urbana. De forma geral, todas as opções das redes de imóveis necessitam do pagamento desse imposto.

Em linhas gerais, o IPTU é um recolhimento fiscal que ajuda na conta do governo, e deve ser revertido pelo estado para melhorar as condições de infraestrutura para a população.
Não é preciso que esteja construído um imóvel no terreno para a cobrança desse imposto, um calculo diferenciado é feito para denominar o valor.

Uma das funções do IPTU também é para regular os preços médios das propriedades de acordo com a infraestutura da região, bairro e o tamanho do imóvel.

Como é calculado o valor do IPTU

O primeiro passo é entender como é calculado o valor desse imposto. A alíquota é definida por lei e pode ser reajustada anualmente. O valor que o contribuinte paga na conta final é calculado sob o valor venal do imóvel.

Esse valor nada mais é do que uma expectativa de custo do imóvel diante do mercado. Para calcular é levado em consideração o tamanho do local, localização e a infraestrutura da região. Outro fator que é utilizado é se consta somente um terreno no endereço ou se existe construção. Quanto maior a casa e o terreno, mais caro fica esse imposto.

Em média a alíquota calculada no IPTU é de 1% do valor do imóvel, porém, ela pode sofrer variações de acordo com a Lei Orgânica do Município onde está localizado o terreno.
A partir do IPTU é possível verificar possíveis aquecimentos do mercado imobiliário e valorizações de áreas diferenciadas na cidade.

Para onde vai o dinheiro do IPTU?

A ideia desse imposto é arrecadar dinheiro para que o município invista na infraestrutura da cidade. Na prática, o imposto serve para custear a máquina pública e ajudar em obras e reformas estruturais para melhorar a mobilidade da cidade.
Segundo as diretrizes da lei, o IPTU serve para saneamento básico, reestruturação da malha viária, entre outras benfeitorias que deveriam melhorar a qualidade de vida do morar da região.

IPTU não é registro de propriedade

Esse fator é muito importante! Não é porque o imposto está sendo cobrado no nome de uma pessoa, que de fato ela seja proprietária do local.
É preciso estar atento a lei. Ao comprar um imóvel é preciso realizar o registro formal desse terreno em cartório, para que seja emitido uma certidão de matrícula com o de registro no cartório de imóveis.

Se esse registro é feito em nome de outra pessoa, legalmente o proprietário do nome no registro de imóveis é que será o efetivo dono do terreno.
Vamos entender na prática? A regra é que quem utiliza o terreno, por exemplo, cedido pelo proprietário, podem ter o nome no IPTU e ser o responsável pelo pagamento. Porém, essa pessoa não é a proprietária do imóvel, o terreno não está legalmente registrado no nome dela.

Quem paga o IPTU

A maioria dos terrenos a venda em Curitiba sofrem a cobrança desse imposto. O IPTU é pago pelo proprietário de uma casa, terreno ou imóvel, seja ele comercial ou residencial.
Para que o município possa cobrar o IPTU de um imóvel é preciso que ele dê condições de acesso a no mínimo dois dos itens a seguir:

calçada com canalização da água da chuva, ou o meio fio;
abastecimento de água encanada
sistema de tratamento de esgoto
acesso a iluminação pública
escola primária e unidade de saúde a 3 quilômetros de distância, no máximo;

Sem o acesso as condições mínimas para viver em uma região, não é possível a cobrança desse imposto.

O que acontece se não pagar IPTU?

Essa conta somente aumenta com o passar dos anos, por isso é melhor não deixar de pagar! O não pagamento incide da cobrança de multa, juros além as correções monetárias.

Outro fator negativo é a inclusão no cadastro de inadimplentes da prefeitura da cidade. Com o passar do tempo um processo administrativo é instaurado para execução fiscal da dívida.
Se o proprietário continuar inadimplente, o imóvel pode ser confiscado pela prefeitura e ir à leilão, após uma determinação judicial.

Em que período do ano é feita a cobrança?

Assim como o IPVA, imposto cobrado sob a circulação de veículos, a cobrança acontece no início do ano. O contribuinte pode fazer o pagamento à vista ou parcelado. Para os proprietários que estão inadimplentes é possível procurar a prefeitura e fazer uma negociação para quitar as dívidas.

O importante é não deixar de pagar e aumentar a dívida diante a prefeitura. Depois de uma ação judicial concluída, o proprietário pode perder completamente o direito sob o imóvel. O leilão serve para quitar as dívidas do contribuinte com o município, ou seja, não é possível escapar da cobrança.

Como verificar se o dinheiro do IPTU está sendo aplicado corretamente?

Não importa se você tem uma casa ou um dos apartamentos em Curitiba, o dinheiro do pagamento do IPTU deve ser aplicado na sua região. É possível verificar junto a prefeitura e as associações de bairros como está sendo destinada a verba para a região.

Para que as melhorias sejam aplicadas é preciso que a cobrança da população seja constante. Não basta apenas pagar e não cobrar, o governo precisa garantir os direitos essenciais a mínima qualidade de vida da população. Fique de olho e não deixe de cobrar.

Gostou deste artigo sobre o que é o IPTU e para que ele serve? Então aproveite e compartilhe esse texto com os seus amigos através das suas redes sociais. Afinal, todos precisam saber dos seus deveres e também correr atrás dos seus direitos, principalmente quando o assunto é imposto!


domingo, 17 de junho de 2018

Eu não poderia estar mais feliz...


Num belo domingo preguiçoso, frio e chuviscado, sem bebidas alcoólicas e com meus dois filhos sob minhas asas eu não poderia ter ficado mais feliz. É explosão que extrapola o sorriso e parte os espasmos e as dores abdominais de tanto riso. Aquela câimbra nos músculos do maxilar, enfim, uma felicidade que não há comparação. Convivendo com os moleques, um deles torcendo mesmo para essa "seleção", o outro, meio que tentando torcer mas não torcendo tanto assim, o Lgzinho aqui ficou puta feliz quando o árbitro "ladrão" apitou e terminou a partida. Não poderia ter sido melhor...

Para esse povinho hipócrita, ladrão sempre que prejudica seus jogadores, quando é dos outros, foda-se. Então, dessa vez, o gostinho da derrota para mim foi ainda maior...

Não posso esquecer desse placar... Marcará 2018...









Tô muito puta feliz...

Foi melhor que a encomenda, foi melhor que eu poderia esperar, foi melhor que tudo...kkkk

Essa seleção quase me decepcionou mas no final, cumpriu e muito bem seu papel. Os próximos dois jogos ela vai ganhar, mas, em breve, voltarão para casa...

Seja o que tiver que ser...


Assim espero.


#abraçodoLG

sexta-feira, 15 de junho de 2018

Ditadura do futebol! Isso é braziuuu meu povo

Sim. A palavra ditadura não é usada apenas quando temos militares no meio da discussão. E muito menos é exagerado eu usar essa palavras, mesmo que você não concorde, o fato é que vivemos há muito tempo essa ditadura. Como se esse fosse apenas e tão somente o único esporte praticado no Brasil... Alias, com se fosse o único existente. Mas aqui é braziu, porra!

Temos uma necessidade eminente de criarmos um mito. Foi assim com Ayrton Senna, com Pelé, com o Didi, com a Jojo, e com tantos outros ícones, que muitas vezes, superam por muito pouco a condição de fraudes e atingem o status de ídolos. E assim continuará, nos ultimos tempos com o Neymar e mais outros. Quer um exemplo de uma fraude maior que acreditamos de olhos fechados? Você já ouviu falar que, nós brasucas temos um brasileiro como pai da aviação? Mentirinha que te contaram, filhão, não é bem assim. Santos Dumond, ou o Alberto Santos Dumond fez o que muitos visionários fazia na época, ou seja, tentou recriar uma roda que já estava sendo criada em diversos lugares. A exemplo disso, os irmãos norte americanos Wright já haviam inventado e testado um tipo de avião que possuía controles direcionais que permitiam que le voasse, fizesse curcas enfim, totalmente controlável, enquanto o nosso brasuca, quicava com um patinho com diarreia...

É a brasilidade, #né

E agora, temos que viver o futebol. O melhor esporte dos melhores atletas baladeiros comedores de atrizes que pode haver no planeta ou até mesmo na galáxia. Sim, não há rádio que não noticie, não há televisão que não transmita imagens sobre ou de, não há portal na internet que não fale/escreve/cite isso, aliás, até o www.dlq.com.br está se subvertendo para escrever sobre isso, aliás, um de seus escritores, os demais, acho que não compartilham de minha ideia.

E quando, uma influência exagerada de uma ideia, pessoa ou coisa se sobrepõe a outras contrárias ou não, a isso chamamos de ditadura. Por isso, torna-se conveniente comerçarmos a perceber o quanto estamos dispostos a ficar a mercê desse tipo de situação. Sempre temos que engolir essas verdades: um é melhor, o outro é o melhor, o esporte de todos (todos menos 1, eu), e por ai vai.

Se questione se você quer mesmo isso, pois através do autoquestionamento podemos ampliar nosso pensamento, nossa capacidade de julgamento, nosso rol de argumentos, nossa vida.

Curtir um esporte é uma cosia, parar de trabalhar para ter que assistir o mesmo, é burrice, ainda mais num país com crescimento pífio como o nosso. PIB de merda, reflexo desse povo que muito brada pagar impostos mas que ao menor indício dos muitos feriados que temos, para completamente suas atividades produtivas laborais.

Essa ditadura está aí, vê quem quer, sente quem quer, e contra ela, lutam os poucos idiotas como eu, que um dia sonham ver nesse país uma postura diferente. Sim, isso é impossível, eu sei!

Ainda assim, eu sonharei...


#abraçodoLG
#anodeeleição
#fui

quarta-feira, 13 de junho de 2018

Véspera da merda... putz, sorryyyyy

Bem, srs. brasileiros e sras. brasileiras. Sim, eu não me considero igual a vocês. Eu sou inferior, muito inferior. Eu sou inclusive incapaz e assim ficarei, perdão, pois jamais em minha vida vou conseguir sequer imaginar curtir uma copa do mundo. Enquanto todos estão animados, enfeitando suas casas, carros e rabos como se fossem patriotas de plantão, ensaiando e cantando o início de seu hino nacional, eu estou desanimado e torcendo para que a França ou a Espanha ganhe, pelo menos para ver a cara dos otários que torcem para o imbecil Neymar e companhia.

Sim, eu sou inferior.

A antes que algum torcedor me ofenda abertamente, esse texto não reflete a opinião dos demais escritores desse blog, expressa apenas e tão somente a minha opinião, Luiz Guilherme Gaertner - e apenas a minha opinião.

As únicas oportunidade em que tive algum interesse por futebol foram naquelas em quem meus filhos estavam jogando por seus times da escola de futebol do São Paulo, treinos esses que foram encerrados após minha separação. Dessa forma, retornando ao estava em que sempre estive, para mim, futebol é apenas o circo de um povo que quer um pão, mas que prefere folgar num jogo da copa do que trabalhar.

Esses dias, assisti a um expert em futebol falar e em sua fala ele explicava que comprar futebol com a política do pão e circo era um erro imbecil pois o futebol deixou de ser esporte de todos para ser um esporte de elite pois o ingresso nos estádios está cada vez mais caro. E aí que me irrita mais pois, o povão que já se fode tanto, ao invés de trabalhar, para tudo para assistir através da globo e seu "especialista em todos os esportes, doutor em medicina desportiva e mecânica de automóveis" galvão bueno.

Hipócritas. Assistem pela tv, brigam por isso, discutem por isso e assim vai.

Tem gente que diz que feliz do brasileiros que pode extravasar no futebol suas frustrações e dificuldades... Sem comentários...

Então, é isso aí, enquanto mais de 200 milhões estão na expectativa, eu estou procurando alternativas para nem pensar nisso... Acho que o Netflix foi ser o mais tesão de todos... certeza que vai...

#né?

#abraçodoLG

segunda-feira, 4 de junho de 2018

Acabou de vez?

Eu realmente não sei. O que posso ter certeza é que a greve dos caminhoneiros demonstrou várias coisas que preocupam muito, aliás, me preocupam muito porém, nossos governantes mais uma vez, estão cagando para isso.

Primeira coisa que me chamou atenção: depois de duas ou três tentativas, dessa vez, toda uma categoria parou. Concordando ou não, todos pararam. Acreditando ou não, não havia caminhões rodando, o que demonstrou a força desse movimento, dessa ação coordenada por eles mesmos. Aí entra o segundo fator, pois foi um movimento organizado e orquestrado pelos caminhoneiros e suas lideranças, e para a tristeza dos partidos de esquerda sindicalistas, não houve sequer a aceitação de sua participação. O papai dos sindicatos, do frio de sua dela na PF deve ter ficado bem tristinho... Morr@...

A terceira coisa que me chamou muito atenção é que, o brasil inteiro se ferrou. Quando eu percebi que haviam vários postos de gasolina sem gasolina, eu pensei "tesão", "tesão pra caralho"... isso para a gente aprender que não devemos depender apenas de um sistema modal. #né?

Para que investir em trens? Aliás, os trens são movidos a diesel e ai, não sei se iria rolar. Mas, quem sabe alguns gasolinadutos pela cidade, alcooldutos... #né²

Eu sei que viajo demais, pareço até um demente as vezes, mas acredito que nessa sociedade em que os carros deixaram de ser apenas um bem de consumo para ser um meio de transporte individual e muito poluente, seria legal ter uma infraestrutura que dependesse menos de caminhões para ser mais autossuficiente no que diz respeito a distribuição, né mesmo?

Porque então não citar a distribuição de alimentos? Essa sim, foi o 4 fato que me chamou ainda mais atenção. Pois, se não fosses os caminhoneiros fracos, essa paralisação ainda estava ocorrendo e o mal que acomete parte da população, atingiria muito mais gente: a fome. E não por falta de condições mas sim por falta de ter o que comprar. Essa galerinha que ama industrializados começaria a minguar, ou comeria algo feito por suas próprias mãos ou morreria de fome, uma olá para Darwin e sua seleção natural... Não seria enfim, tão ruim assim, #né mesmo?

Não sei mesmo se acabou de vez, há boatos que de o movimento pode voltar e ainda com maior força. Sei não, mas torço para que volte e com mais força pois ficou visível que apenas essa categoria já consegui se mobilizar e provocar mudanças, imagine se outras tão importantes quanto a dos professores, médicos e policiais se unirem?

Heim?

Seria tesão né???

Ah, seria...


#abraçodoLG

sábado, 2 de junho de 2018

Chove lá fora e aqui...

Não é atoa pensar e dizer que nos dias e hoje, está cada vez mais chato viver. A modernidade trouxe consigo uma grande bagagem de "politicamente corretos" que estão tornando tudo muito mais chato, complicado, hipócrita talvez. Algumas dessas politicas corretas é preciso concordar pois mudam de forma contundente a forma como interagimos com as pessoas mas outras, são tão merda que não dá pra levar em consideração.

Uma dessas políticas corretas as quais eu não consigo mais nem sequer saber são os "novos evangélicos", os quais normalmente depois de terem aprontado muito, resolvem levar a palavra de um deus para todos os demais como se a salvação fosse um simples processo de transformação. Vi isso acontecer com atrizes pornô no brasil, com cantores de bandas, com apresentadores de programa infantil e assim por diante.

E eu me impressiono com outro dado: é importante considerar a quantidade de gente presa pelos mais variados tipos de crime que, ou eram fervorosos crentes em deus ou na cadeia se convertem. Hahaha eu me divirto muito com isso tudo.

Agora, voltando a crise dos politicamente corretos, eu não vejo nada errado em mudarmos nosso pensamento, em acreditarmos nisso ou naquilo e abruptamente mudarmos de opinião e crença mas, é preciso um pouco de cuidado pois, tudo que fazemos na vida, fica registrado de alguma forma e alguém sempre vai saber que nosso passado nos condena.

O ateu que passa a acreditar em deus, que o faça, mas o faça no reservado de sua individualidade, não sai apregoando que achou a luz e bla bla blá... O contrário que se faça real também...

Usou drogas uma boa parte da vida e depois virou evangélico? Foda-se, viva a sua vida e deixe os outros viverem as suas. Suas escolhas, não são as minhas e muito menos a deles. OK?

Outra coisa: a mídia tenta vender coisas que não queremos ou as vezes não precisamos comprar. Ninguém deve dizer para você o que é certo ou errado, toda vez que alguém dita uma regra para nós, está tentando um tipo de doutrinação. Quer um exemplo? Tem um jornaleco de Curitiba que, por seus donos serem contra o aborto, tudo que se refere ao aborto é apresentado de forma contrária. Eles tentam de forma muito contundente convencer todos os que leem seus textos se tornarem contra o aborto e muitas vezes, com argumentos religiosos, desconsiderando assim o fato de que alguns ou até muitos de seus leitores podem ser ateus, ou simplesmente católicos ou até evangélicos modernos favoráveis ao aborto.

Enfim, viver nesse mundo politicamente correto está uma merda...

#abraçodoLG