quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Faça você também... deixa de ser preguiçoso

Enfim, hoje em dia todo mundo pode julgar todo mundo então, entrei na brincadeira. Se você não faz ou ainda não fez, vou me sentir no direito de te ofender e te chamar de preguiçoso. Claro, isso não é assim tão sério mas já que estamos vivendo esse momento mágico em que todos podemos ter opinião e mais ainda, podemos expressar essa opinião, além de criticar, não vou dar a mínima a sua...

Você já fez algum tipo de trabalho voluntário? Aqui não estão inseridos (as) doações, essas coisas fáceis. Estou falando de colocar a mão no trabalho, sabe comé? Ir até um hospital, ajudar, ir até uma casa de idosos e ajudar, ir até um orfanato e ajudar... Já fez isso? Não???

Seu preguiçoso...

É isso mesmo, se você nunca doou um segundo da sua vida para ajudar o próximo de forma gratuita, você é no mínimo um preguiçoso para não dizer egoísta, presunçoso e orgulhoso. Está aí, no conforto do seu lar, do seu trabalho, tranquilo, enquanto muita gente está precisando e não é de grana não, as vezes precisam apenas conversar com alguém tão emocionalmente inteligente como você...

Verdade, seu hipócrita... Verdade verdadeira...

É, hoje não estou sendo aquele cara bacaninha não. E nem quero ser. Estou passando uma fase boa da minha vida e nessa fase, a porrada come solta, pois é assim que eu tento de alguma forma "mudar o mundo"... Sei que não vou mudar o mundo, mas posso morrer tentando, não é mesmo?

Ao invés de ficar aí, nessa lenga lenga, venha pra cá, onde eu faço voluntariado toda quarta-feira a noite, temos vaga, temos espaço para muitas pessoas que queiram doar parte do seu tempo. Garanto a você, sr. ou sra. que você pode vir, trazer seus filhos, primos, parentes, e todos vocês serão regados com o sentimento de gratidão daqueles que precisam de pelo menos um aperto de mão ou então aquele ombro amigo para poder chorar sua dor.

É tão simples e não custa absolutamente nada. Nadinha... É bão...

O mundo já se tornou egoísta demais. São tantas as religiões e cada uma se metendo cada vez mais nas vidas das próprias ovelhas, esquecendo que na verdade somos tão iguais fora delas que precisamos muito mais ajudar um ao outro... Enfim, né...

São tantas pessoas que precisam, em tantas instituições, em tantos lugares. O Brasil é esse continente que, de pobreza e necessidades, é um grande exemplo maldito. Um povo do qual não podemos mais esperar nada. São quase nada os que se doam, os que ajudam e os que querem fazer algo de bem.

Sim, doar no criança esperança pode te fazer bem, mas na verdade, não ajuda tanto assim. Venha aqui, empurre uma maca, uma cadeira de rodas e verás o bem que isso fará a você!

Hipócrita, eu fui, sou e serei, pois, ninguém pode ser perfeito, não é mesmo??? (e nem venha com o papo de que "Ele" pode porque até "ele" erra)...

Fique bem, no conforto de seu lar...

#abraçodoLG

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!