quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Tudo na vida é um ciclo, e na minha, mais um vai se encerrar...

Sim, mais um ciclo começa a encerrar em minha vida, isso já no 2º dia de 2019. Por decisão própria, por vontade própria e por prever que tudo pode dar merda nos próximos dias, meses e quem sabe anos, eu, um dos que escrevem aqui no www.dlq.com.br, vou começar sistematicamente a deixar de escrever.

O principal motivo de eu para de escrever aqui é uma motivação política. Não, eu não consigo ficar sem escrever sobre esse assunto. Não consigo deixar de manifestar meu texto relacionado ao que temos de mais fétido de nojento: política.

Esquerda, direita ou a PQP, não posso deixar de pensar e escrever sobre isso e como estamos numa fase de transformação, onde todo mundo entende, compreende e discute política, eu vou fazer o contrário, vou me vestir com minha camisa branca da ignorância, meu boné do desconhecimento, minha sandália da burrice e assim, prosseguirei minha vida, correndo atrás do meu sucesso porém sem ser de forma pública, o que pode complicar as coisas para mim.

Infelizmente, hoje com 41 anos eu vejo mais uma vez de forma clara uma população (a maioria dela ou seja, 50%+1), botando muita fé em alguém que tenho certeza, não merece. Sim estou escrevendo uma ultima vez e é sobre o Jair, que tem Messias no nome, e que me causa muito medo. Uma das coisas mais nojentas da política, a que me deixa com mais medo, é justamente a encenação desse meio. É lindo de ver a cerimônia, no caso do dia 1º de janeiro de 2019, foram mais de 8 mil pessoas envolvidas na cerimônia, entre policiais e bla e bla e bla...

E para me deixar com ainda mais medo, a ceninha da primeira dama discursando em libras, foi uma gota d'água para demonstrar que vai dar merda.

Se eu continuasse escrevendo aqui, tanto nesse texto quando nos demais futuros que não ocorrerão, com toda certeza eu perderia muito mais conhecidos do que já perdi por discordar. Eu não vejo um futuro político de muito sucesso no brasil.

O Messias, na minha perspectiva, terá seu "romance" com o povo desfeito em até 6 meses ou 8 meses no máximo, as medidas impopulares vão minar esse governo, vão destruir a capacidade das pessoas de sonhar com algo "melhor" e entraremos numa crise existencial.

Não, repito, não votei no PT muito menos no Messias - eu não vou votar há mais de 7 anos - sempre pago a multa - por já ser descrente. Não acredito nem em deus, como acreditaria num ex-militar ou num "cumpanheiro" para me ferrarem ainda mais?

Desejo mesmo que o povo acorde, corra atrás de uma outra forma de mudar pois, através do voto e dessa palhaçada de "sistema eleitoral", nada mudará, nada será diferente e nada passará adiante.

Tenha certeza, Bolsonaro será quase a mesma coisa que Lula, com atitudes diferentes, você será sempre o alvo maior da merda toda.

Me despeço mesmo, não tenho perspectiva de se um dia voltarei a escrever aqui. Infelizmente, como não sei escrever sobre receitas de bolo, desculpe, ficarei com minha ignorância e longe de problemas.

Aos hipócritas petistas, me desculpem se um dia os ofendi, aqui ou pessoalmente!
Aos hipócritas bolsonaristas, me desculpem se um dia os ofendi, pararei para não ofender!
Aos hipócritas de qualquer partido, desculpe qualquer coisa, não era pessoal (poderia até ser!)
Aos hipócritas em geral, perdão
Aos demais, perdão também...

No catolicismo, o que mais me chama atenção é que, cagou a vida toda, na hora da morte perde perdão e é salvo...

Perdão a todos!

KKKKK

#abraçosdoLG


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!