domingo, 29 de dezembro de 2019

Aquele do "putz, meu pai soltou mais um frase..."

Uma das coisas que aprendi na vida é justamente que na maior parte devemos ouvir, escutar, assimilar para então, se caso for, abrirmos a boca para falar qualquer coisa. E hoje foi um dia em que isso se concretizou, de forma muito ampla. Ou seja, era um dia de domingo, um céu azul maravilhoso, com um clima muito agradável, eu não tenho um puta tostão na conta, os dois cartões, descobri da melhor foram terem sido bloqueados, o cartão alimentação só sai amanhã, ou seja, estou naqueles dias em que como disse meu pai, no melhor momento de sapiência dele - quando é para dar tudo errado, é tudo junto.

Lembro ainda de outra frase que ouvi muito dele que dizia: quando os urubus estão na merda, o debaixo cada no de cima. Sim, os mais alucinados pela física vão dizer que jamais, pois a gravidade vai atuar e a merda vai inevitavelmente acabar caindo no debaixo mesmo ou vai atingir, inapropriadamente um de nós, seres humanos sociais que vivemos em grandes concentrações urbanas, as quais, são sempre alvos dos jatos fecais dos pássaros.

Mas, piadinhas escatológicas a parte, estive pensando. Quando não estamos nos sentindo bem ou quando alguma coisa está nos incomodando, porque será que tudo parece dar errado? Talvez, porque nos permitamos isso, não é mesmo? Não que estejamos realmente colhendo frutos ruim, mas com toda certeza, estamos plantando ações ruins. Ou seja, não é que tudo esteja efetivamente dando errado mas sim, estamos permitindo que tudo esteja errado em nosso dia.

A exemplo do velho pai: havia um compromisso, então, ele que é perfeito com horários, perdeu a hora, levantou atrasado, não conseguiu tomar banho, e finalmente quando entrou no carro para sair, descobriu que havia esquecido o celular no quarto. E volta pra buscar.

Talvez, e apenas talvez, se ao acordar atrasado ele agisse diferente, será que teria sido diferente?

Enfim, um textinho para pensar, afinal de contas, é fim de ano mesmo, dizem que é a época para se pensar e colocar a casa em ordem...

enfim...

é isso...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!