domingo, 12 de julho de 2020

Aquele do "ele é surdo, mas escuta bem pra caralho..."

Hoje o texto é dedicado a todos os meus amigos que são mais inteligentes do que eu e que acreditam em deus. Sim, 99% dos meus 3 ou 4 amigos, acreditam em deus. O restante, putz, não é meu amigo e isso também não me faz falta alguma. Mas o fato é que, com a pandemia, as igrejas estão felizmente proibidas de fazer os cultos, reuniões, missas, orações essas merdas e tal, e não me cobre respeito a isso, pois, eles não me respeitam por ser ateu. Chifre trocado não dói...

E com isso, acredito que o faturamento das igrejas deve ter caído e muito, né, afinal de contas, mesmo que eles não paguem 1 centavo de imposto, sem reunir o rebanho para gerar medo, como vão ganhar o dindin para manter os luxos dos presidentes em Salt Lake City ou dos pastores cheios de imóveis em bairros de Curitiba ou ainda, o dono de emissora de TV? Ixi, sem falar na grana que banca os ataques terroristas e também, o no boiadeiro da TV...

É filhão, a pandemia matou milhões, me trouxe um amor e fodeu as igrejas, que eu espero mesmo que não consigam sair dessa... Sim, eu já fui mórmon e sei bem que, a grana que entra é grande pra caralho, até uma época era eu quem abria os envelopes e eu pude presenciar muita grana entrando.

Ok, mas meu tema não é o dinheiro das igrejas e sim, deus e seus sistema auditivo.

Vamos lá, vou separar deus por religião e sua característica auditiva:

--> evangélicos -> deus surdo -> precisam gritar, precisam gritar cada vez mais
--> mórmons -> deus bom de ouvido -> eles oram baixinho, e deus escuta, olha que curioso?
--> católicos -> deus bom e mais ou menos -> eles até falam baixo, mas cantam demais e alto
--> muçulmanos -> deus burro -> deus não entende, ai eles ficam repetindo, repetindo

Esses são os que eu lembro, ah, lembrei de mais um agora, tem o deus dos testemunhas de jeová, que é turista ou porteiro, pois está sempre com eles passeando ou no portão das pessoas enchendo o saco nas manhãs, e ainda, o do adventistas que é dos contra, enquanto os demais são de domingo o dos adventistas, é de sábado...

Enfim, é assim, das duas uma: ou esse deux se adapta a tudo ou eu tenho razão e ele não existe.

Prefiro pensar que ele não existe!

Bom, sobre os evangélicos, não se se foi minha denúncia, mas o drive-thru da quadrangular parou... hehehe e eu denuncio mesmo...

#segue_o_baile

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desabafe!